rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Procurar

Cabeceiras de Basto organiza sementeira do linho em Pedraça

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto dinamiza no próximo sábado, dia 6 de abril, pela primeira vez, a “Sementeira do Linho” iniciativa integrada no Ciclo do Linho.
Segundo o município, objetivo é “promover e recriar o ciclo do linho como um fator identitário deste território e das gentes; reviver e recriar os trabalhos agrícolas dos antepassados; valorizar as atividades ligadas à agricultura; e incentivar o salutar convívio intergeracional”.
A iniciativa decorre no campo do Soutinho, na freguesia de Pedraça, na manhã deste sábado. A concentração está prevista para as 8 horas junto ao largo da Igreja de Pedraça. Chegados ao Campo do Soutinho, dar-se-á início aos trabalhos agrícolas, designadamente lavrar a terra, com uma junta de gado e as alfaias agrícolas de antigamente. Pelas 10h30 terá lugar a Sementeira do Linho galego, espécie plantada nos “melhores terrenos”, que deve ser semeada em meados de abril e colhida em meados de junho.Nesta sementeira do linho vão participar os utentes dos Espaços de Convívio e Lazer (ECL’s) do concelho. O evento contará, ainda, com animação musical a cargo de grupos de concertinas, nomeadamente com o Grupo de Bombos da ANAP – Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Nuno Alvares de Pedraça; ACRA – Associação Cultural Recreativa de Asnela; Grupo de Cantares do Vale das Montanhas – Cerva, Ribeira de Pena; Amigos de Animação do Campo do Seco; e GAP – Grupo de Animação Popular.

  • Com o intuito de valorizar e potenciar o Ciclo do Linho em Cabeceiras de Basto, a Câmara Municipal pretende dar destaque à “arrancada do linho” – arrancar o linho da terra,  “ripada do linho” – retirar a baganha do linho,  “Molhada do linho” – colocação do linho em água, “Enxaguar o linho” – Secar o linho, “Moagem do linho” – moer ou amassar o linho, “Espadelada do linho” – com espadela (madeira) separa os tomentos –  “Assedar o linho” – passar o linho pelo sedeiro (sai a estopa e fica o linho) e “Fiar o linho”.  
  • Organizada pela Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, a Sementeira do Linho conta com a colaboração da Junta de Freguesia de Pedraça, Associação Cultural Recreativa e Desportiva de Nuno Alvares de Pedraça – ANAP, Banco Português de Germoplasma Vegetal (BPGV) e Cultilinho – Fátima Mota, Pedraça.
  • A autarquia dá ainda conta que a sementeira do linho está em risco de desparecer no concelho cabeceirense, uma vez que são poucas as pessoas que se dedicam ao desenvolvimento do seu processo, situação que a Câmara Municipal pretende reverter com a dinamização de atividades como esta, envolvendo e sensibilizando a comunidade.