rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Montalegre inaugurou o Centro Interpretativo do Lobo Ibérico

Abriu na turística aldeia de Pitões das Júnias, o primeiro Centro Interpretativo do Lobo Ibérico (CILI) em Portugal focado nas populações selvagens deste predador e na história das suas relações com o Homem, localizado em plena área de ocorrência desta espécie.

Foi na passada quinta-feira, 18 de Janeiro, que o equipamento foi inaugurado pelo Secretário de Estado da Administração Local e do Ordenamento do Território, Carlos Miguel.

Vem «trazer nova atratividade ao território», e afirma-se como uma mais-valia para a valorização da espécie. Por sua vez, a presidente da autarquia, Fátima Fernandes, sublinhou que estamos perante uma estrutura de «excelência e única no território, que pode alavancar o turismo e a investigação.» referiu o governante.

O primeiro Centro Interpretativo do Lobo Ibérico (CILI) em Portugal é um espaço dedicado ao lobo, onde a própria arquitetura do seu interior projeta o visitante nas várias tipologias de fojos de lobo existentes na região do Barroso e nele se conseguiu apresentar uma imagem completa do lobo-ibérico (Canis lupus signatus) nas suas múltiplas perspetivas e contextos, como espécie selvagem, como parte integrante duma paisagem e como parte duma relação com o Homem, no passado e no presente. A autarquia de Montalegre considera-o “um projeto pioneiro, focado nas populações selvagens deste predador e na história das suas relações com o Homem, localizado em plena área de ocorrência desta espécie.”
O valor financiado deste projeto foi de 256 297,74€, contemplando as despesas da obra física, mobiliário e informação cenográfica do interior, assim como estudos, pareceres de projetos e consultoria, publicidade e divulgação. O financiamento é do fundo FEDER através do programa de apoio NORTE 2020, sendo que o valor total elegível da candidatura foi 301 526,75€. A taxa de financiamento deste programa foi de 85%, pelo que o município de Montalegre comparticipou esta obra no valor correspondente ao autofinanciamento.