rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Temperaturas descem mais nos próximos dias

Tempo frio em Portugal continental.

O estado do tempo em Portugal continental tem sido influenciado por uma massa de ar com origem polar, que tem dado origem a temperaturas ligeiramente inferiores ao normal para a época do ano.

Esta segunda-feira, dia 8, essa massa de ar será temporariamente substituída no Centro e Sul do continente por outra de origem marítima, mais quente, transportada por uma depressão a oeste da Península Ibérica, que irá trazer nebulosidade e precipitação e uma pequena subida da temperatura mínima no dia 9. A partir da tarde de dia 9, uma bolsa de ar frio em altitude, com origem na região da Escandinávia, irá localizar-se no norte da Península Ibérica, resultando em nova descida da temperatura, em especial da mínima.

Assim, esperam-se temperaturas mínimas até dia 9 entre -5 e 0°C no interior Norte e Centro, sendo entre 1 a 5°C no interior Sul e litoral Norte e Centro e até 8°C no litoral Sul. Nos dias 10 e 11 prevê-se uma descida generalizada de 2 a 5°C relativamente aos valores mencionados, podendo atingir valores até -7°C em alguns locais do nordeste transmontano e Beira Alta, e perto de 0°C em vários locais do litoral, em especial do Norte e Centro. Como tal, está prevista a formação de gelo ou geada, em especial no interior Norte e Centro.

A temperatura máxima irá variar entre 4 e 8°C no interior Norte e Centro e entre 8 e 14°C no interior Sul e litoral, sendo que no dia 8, devido à nebulosidade e precipitação, a temperatura máxima em alguns locais da região Centro, incluindo a Grande Lisboa, não deverão ultrapassar os 10°C.

Nas terras altas, as temperaturas deverão ser inferiores a 4°C.

Por este motivo, foram para já emitidos avisos de tempo frio para os distritos de Bragança, Vila Real, Guarda e Viseu até dia 8, com possibilidade de serem estendidos a mais regiões nos dias seguintes.

Nos dias 9 e 10 existe a probabilidade de ocorrência de precipitação (embora inferior a 40%), em geral fraca, que a ocorrer será de neve nas serras das regiões Norte e Centro acima dos 800 metros, ou mesmo pontualmente a cotas mais baixas.