rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

2024 com Orçamento de 68,8 milhões de euros em Amarante (c/áudio)

As Grandes Opções do Plano e Orçamento para 2024 do Município de Amarante foram aprovados, sem votos contra, em Reunião de Câmara e em sessão de Assembleia Municipal, no valor de 68,8 milhões de euros – mais 18,8 milhões de euros face ao de 2023.

Cerca de nove milhões de euros do orçamento do próximo ano vão ser assegurados por receita consignada de fundos comunitários. A CM de Amarante realça a  aposta  clara  na habitação; o município  formalizou  já  candidaturas  ao  PRR,  no âmbito  da  implementação  da  Estratégia  Local  de  Habitação,  que  totalizam  um investimento  de cerca  de  13,3  milhões  de  euros, no decurso de 2024. Neste domínio e no âmbito das oportunidades de financiamento do Portugal 2030, outras candidaturas serão formalizadas. À semelhança dos orçamentos anteriores, este incorpora contributos da Oposição e foi preparado em conjunto com os Presidentes de Junta de Freguesia que, de resto, vêem atualizados os atuais valores a transferir para as Freguesias e Uniões das Freguesias, à taxa de inflação prevista no Relatório do Orçamento do Estado para 2024 (3,3%). O Município de Amarante prevê terminar o ano de 2023 com toda a faturação de fornecedores paga, ou seja, transitar para 2024 sem dívidas a fornecedores.

O orçamento reflete o compromisso com o rigor e disciplina económica e financeira, sempre com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos Amarantinos e promover o reforço da competitividade e da coesão territorial, assegurando, sempre, a manutenção do equilíbrio das finanças municipais”, refere o presidente da Câmara de Amarante, José Luís Gaspar, “apesar do contexto de indefinição nacional e internacional que condicionam o exercício de planeamento e previsão quanto ao andamento de dossiers de extrema relevância para atividade autárquica, nomeadamente a execução de Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) e o arranque efetivo do Portugal 2030, fontes de financiamento determinantes para o desenvolvimento estratégico de Amarante”.

No passado sábado o vice-presidente do município, Jorge Ricardo, esteve no programa “Espaço Aberto” da RRB e destacou a inauguração do Solar dos Magalhães, a acontecer no próximo ano. Obra praticamente concluída, frisou.

Também no próximo ano a Alameda Teixeira de Pascoes vai sofrer obras de remodelação. Vai ser posto em prática um projeto do arquiteto Souto Moura para o local, que vai transformar a Alameda e colocá-la bem diferente de como sempre a conhecemos.