line

BARRA BASTOMEDIA

VERMAIS

Operação Floresta VigiadaTeve início a 11 de janeiro, o 2.º Curso de Formação de Guardas Florestais da Guarda Nacional Republicana (GNR).


O Ministro da Administração Interna saúda os 45 novos elementos que vão iniciar o curso na Escola da Guarda, pelo importante contributo que irão dar ao dispositivo de prevenção, vigilância e combate aos incêndios rurais. Quando concluírem o curso, serão integrados no Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR, que conta, atualmente, com 407 guardas florestais ao serviço, 155 dos quais recrutados no ano passado. Este 2.º curso significa a continuação de uma aposta no reforço do sistema de prevenção, vigilância e combate aos incêndios rurais, enquanto pilar estratégico da defesa da floresta. Recorde-se que o renascimento da carreira de Guarda Florestal teve início em 2018, por iniciativa do Ministério da Administração Interna. Em abril do ano passado concluiu-se o 1.º Curso de Guardas Florestais da GNR dos últimos 16 anos. O 2.º Curso de Formação de Guardas Florestais, com um total de 717 horas, 567 em contexto escolar e 150 em contexto de trabalho, versa matérias como a silvicultura, a caça e pesca, o armamento e tiro e a investigação de causa de incêndios. Os guardas florestais foram integrados na Guarda Nacional Republicana em 2006 e, sendo considerados Órgãos de Polícia Criminal (OPC), têm como missão fiscalizar e investigar os ilícitos nos domínios florestal, caça e pesca.

PODCAST-RRB-BUTTON

Espaço Aberto

ESPAÇO ABERTO

Madrugar

Madrugar

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos