line

BARRA BASTOMEDIA

VERMAIS

Realizou-se, na semana passada, a sessão de assinatura de contratos de comparticipação financeira do programa PARES 2.0, com a presença da Secretária de Estado da Ação Social, Rita Cunha Mendes.

 

Pertencentes ao distrito de Aveiro foram assinados contratos com duas instituições aos quias se juntaram outras cinco, do Centro de Segurança Social do Porto onde se inclui a Associação Social e Recreativa e Cultural (ASRC) “Ao Encontro das Raízes”, do concelho de Lousada.

Para o presidente da Direção da ASRC “Ao Encontro das Raízes, Eng.º Paulo Teixeira, “a aprovação da candidatura que apresentamos para uma creche é um orgulho para nós e significa que o Município de Lousada confia no trabalho realizado ao longo dos nossos 35 anos de existência. As nossas respostas sociais são diversas, desde Centro Comunitário, Loja Social, apoio alimentar a famílias carenciadas e, a breve prazo, o Centro de Apoio Social e Familiar e ainda a parceria com a autarquia no programa de residências partilhadas

O presidente da Câmara Municipal de Lousada, Dr. Pedro Machado, referenciou que a taxa de cobertura de creche no concelho é muito reduzida pelo que a aprovação de 4 novas candidaturas vai melhorar a situação, num dos poucos concelhos do país que não perdeu população, de acordo com os resultados dos últimos Censos.

Esta é uma resposta social extremamente importante para as crianças e para as famílias como uma forma de intervenção e mitigação dos problemas da natalidade. A construção de raiz de uma creche por esta associação é muito importante e especial tendo em conta todo o trabalho que é realizado no Bairro Dr. Abílio Alves Moreira”.

O autarca acrescentou ainda que o Bairro vai ser requalificado estando já aprovado o projeto de arquitetura e o concurso para a realização da intervenção vai avançar ainda este ano.

No que concerne às respostas sociais do concelho, o autarca mencionou ainda uma candidatura submetida para um Lar Residencial e ainda um equipamento para a Deficiência, apresentado pela Santa Casa da Misericórdia.

O programa PARES 2.0 vai permitir um aumento de 3300 lugares em creche através da realização de 59 contratos de financiamento que implicam um investimento nacional superior a 20 milhões de euros.

“A criação de creches é um dos primeiros fatores de inclusão e uma resposta social às crianças e às suas famílias sendo equipamentos fulcrais no combate à pobreza, em particular na infância” – frisou a Secretária de Estado da Ação Social, Rita Cunha Mendes que deu ainda a conhecer a existência de um reforço nos apoios às instituições e respostas sociais no âmbito do Programa de Recuperação e Resiliência.

PODCAST-RRB-BUTTON

PODCAST-RRB-BUTTON

Espaço Aberto

ESPAÇO ABERTO

Madrugar

Madrugar

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos