line

BARRA BASTOMEDIA

VERMAIS

Festival_Escritaria_leva_inaugurao_sobre_Pepetela_a_Angola.jpgFoi inaugurada hoje, dia 23 de Janeiro, a exposição dedicada à vida e obra do escritor Angolano Pepetela, em Benguela, uma homenagem semelhante à que decorreu em 2018 em Penafiel.

O escritor homenageado Pepetela afirma que” o sentimento de gratidão para com o Escritaria permanece. É de louvar a missão deste Festival Literário. Esta internacionalização é muito importante pois marca o arranque de um projeto único que envolve uma comunidade à volta de um autor. É bom haver coisas novas, e este evento chegar a Benguela comove-me particularmente. Para além de promoverem a literatura e a lusofonia na cidade de Penafiel, entenderam voar mais alto, e levar este evento além fronteias, e chegar aos países da lusofonia.”

Esta iniciativa é o primeiro passo da internacionalização do Festival Literário Escritaria, e que além de Benguela passará depois pelo Lubango, Undjiva- Cunene e a última exposição será em Luanda. A organização desta parceria, com Angola, junta a Câmara Municipal de Penafiel e o Instituto Piaget, local onde decorre o evento e aberto a estudantes e população em geral. 

Este projeto contou com o apoio do Empresário António Carvalho, que se encontra instalado em Benguela, e que "desde a primeira hora motivou a realização deste projeto, dando inclusive apoio ao nível da logística e das estruturas colocadas na exposição, patente no instituto, e que irá circular por outras províncias de Angola.", revela a organização do evento em comunicado Para o empresário Penafidelense” foi um desafio muito gratificante destacar a língua e a literatura Portuguesa, além de ser uma alegria ajudar a trazer para Angola um evento da minha terra e receber a comitiva dos meus concidadãos.

O Campus  do Instituto Piage recebe uma grande exposição, composta por materiais semelhantes aos que habitualmente marcam a Escritaria em Penafiel. Estruturas de exposição de grande dimensão, frases do escritor espalhadas por todo o lado, assim como materiais portáteis de literatura, como caixas de cartão, entre outros, fazem parte de um “percurso literário” de homenagem a Pepetela, em Benguela, que conta ainda com música, declamação de textos do escritor homenageado, entre outras iniciativas. É assim recriado grande parte do ambiente de homenagem e de afetos que é uma marca da Escritaria em Penafiel, exemplo disso mesmo serão as dezenas de postais com poesia, e não só, que os alunos de letras do instituto Piaget, em Benguela, vão ter oportunidade de entregar em mão ao escritor Angolano Pepetela.

O Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, Antonino de Sousa, relembra a edição dedicada ao escritor, em 2018, e destaca esta “nova fase da vida da Escritaria, já com 15 anos de existência, mas que se reinventa permanentemente, neste caso com a internacionalização pelos países de língua Portuguesa e numa troca de experiências culturais onde a literatura é o principal elo de ligação” afirmou o autarca.  Já o presidente da Associação Instituto Piaget de Angola, Mário Rui Ferreira, refere que:  “copiar” o Escritaria" de Penafiel é tão só a obrigatoriedade de reativar e incentivar o prazer da leitura de um bom livro, em especial de bons autores da língua portuguesa.”

 Frase de Pepetela fica eternizada em Penafiel e Benguela

A própria frase de Pepetela que ficou a marcar o património urbano de Penafiel, em 2018, foi replicada em Benguela, a recordar: 

“ A transferência de conhecimentos, ideias e emoções através dos livros devia ser eterna, mas está em risco.“ 

PODCAST-RRB-BUTTON

Espaço Aberto

ESPAÇO ABERTO

Madrugar

Madrugar

"Caminho de Emaús" na RRB

Caminho de Emaús

"A Igreja no Mundo" na RRB

AIS

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos