rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Procurar

Cidades Sustentáveis e Inteligentes é o novo curso da UTAD

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) tem na sua oferta formativa a nova licenciatura em Cidades Sustentáveis e Inteligentes. Já no próximo Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior (CNAES), cuja primeira fase arranca a 22 de julho os alunos podem inscrever-se no curso que segundo a academia vai capacitá-los em “saber como adaptar as cidades às alterações climáticas ou como usar as tecnologias digitais para tornar as cidades inteligentes”

Para o reitor Emídio Gomes “Esta nova oferta formativa vai ao encontro da missão da UTAD em responder às exigências de um mundo em constante mutação e onde os processos de inovação e tecnologia são cada vez mais focados no desenvolvimento sustentável. Como destino universitário cada vez mais global, a UTAD contribui assim para o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) dedicado a tornar as cidades e as comunidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis”.

Os estudantes que escolherem o novo curso da UTAD “vão ser capazes de analisar o conceito de sustentabilidade à escala urbana para aplicar os seus princípios no planeamento sustentável, na eficiência energética e hídrica dos sistemas e edifícios, na gestão de resíduos, na implementação de energias renováveis e da mobilidade sustentável, na utilização de materiais e sistemas sustentáveis”.

Revela ainda a universidade que “Com um plano de estudos multidisciplinar, este curso oferece uma componente prática que permitirá contactar com a investigação mais recente nesta área da sustentabilidade urbana e usufruir de protocolos com diversas instituições públicas e privadas”.

Financiado pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), este novo ciclo de estudos terá a duração de três anos. Os futuros licenciados poderão ingressar em empresas de estudos e projetos com responsabilidades no planeamento, conceção e gestão sustentável, administração central e regional, associações de municípios, autarquias e empresas municipais, agências governamentais, de Ambiente ou de Desenvolvimento Local.