rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Procurar

Vila Meã Viola´s Fest – Encontro Internacional de Violas de Arame acontece em Amarante

Vila Meã recebe a 4 e 5 de Maio o Vila Meã Viola´s Fest no cineteatro Raimundo Magalhães. Toda a versatilidade musical da viola tradicional vai ser mostrada neste encontro multicultural que vai receber diversos tocadores e músicos. Eduardo Costa, é o mentor desta iniciativa, um mestre tocador dos maiores conhecedores da viola amarantina, traz até Vila Meã o primeiro festival internacional de cordofones, a realizar-se a 4 de Maio, pelas 21h30 e o encontro internacional de Violas de Arame, no domingo, dia 5, pelas 15h30, tendo como principal entidade patrocinadora a Junta de Freguesia de Vila Meã.

Os grupos que vão marcar presença no festival são:

O projeto “Violas EnCantadas” junta dois portugueses e um brasileiro. José Barros, Fernando Deghi e Ricardo Fonseca. O que os une é a paixão pelas violas de arame. Cruzam os sons da viola portuguesa e da viola caipira e juntam-lhe o canto português e brasileiro. “A cultural portuguesa e brasileira unidas onde a lonjura atlântica já não se sente”.

“Campaniça Trio” é composto por Pedro Mestre, David Pereira e José Diogo Bento.  Desde Janeiro de 2012  procuram manter a tradição e a originalidade da Viola Campaniça. São tocadores da região do Alentejo e apresentam ao público o mais genuíno repertório campaniço.

Duo Ziarós”, um duo jovem brasileiro composto por Filipe Resende e Bruno Takashy. Realizaram a sua primeira tornée internacional em 2018 quando lançaram o EP “Viola de Aroeira”. Já realizaram apresentações, concertos e oficinas de viola em alguns países europeus como Portugal, França e Bélgica. Em 2022 retomam a solo europeu para uma segunda tornée com concertos em Portugal, Inglaterra e Bégica para apresentar o álbum “Viola e ténis”.

“Duo Gevar” é a dupla da casa, composta por Eduardo Costa e Cláudia Oliveira. Surge do projeto Grupo Escola Viola Amarantina Renascida do qual Eduardo é o mentor e a Cláudia uma aluna, que há dez anos ingressou na escola tal era o seu gosto por aprender a tocar viola. Atualmente a Cláudia frequenta um curso superior de música. A presentam um reportório diverso com a inclusão de outros instrumentos. Juntos levam a viola amarantina de Norte a sul do país.