rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Procurar

Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto marca o próximo fim-de-semana

No Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto estão 60 pilotos inscritos.

O Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto volta a ser, em 2024, o ponto de partida do Campeonato de Portugal de Ralis (CPR).

O Rali sai para a estrada no próximo fim-de-semana (23 e 24 de fevereiro) e decorrerá no traçado em piso de terra que apresenta, face à edição anterior, algumas novidades, como a partida na vila transmontana de Boticas, na tarde de sexta-feira. No que toca a pilotos estrangeiros, são já dadas como certas as participações do boliviano Sebastian Contreras (Citroen C3 Rally2), um estreante em provas na Europa, e de Sergi Perez (Hyundai i20 N Rally2), o jovem espanhol de 19 anos que em 2023 se sagrou vencedor da Peugeot Rally Cup Ibérica.

No primeiro dia, os pilotos começam por cumprir as duas primeiras classificativas na região de Boticas: Boticas/Vale do Tâmega (9,64 km) tem um traçado idêntico ao de 2023, enquanto Boticas/Senhor do Monte (11,53 km) surge agora com menos cinco quilómetros de extensão e embora tanto o início como o final não tenham sofrido alterações, a parte intermédia será uma estreia. A jornada termina com a já tradicional super-especial (1,62 km) noturna no centro da cidade de Fafe. No sábado de manhã disputar-se-á uma dupla passagem pelas classificativas de Luílhas (11,9km), em versão um pouco mais longa que a do ano passado e já utilizada em edições anteriores, e Cabeceiras de Basto (10,68 km), que decorrerá integralmente naquele concelho. O início será o mesmo do troço do Rali de Portugal, incluindo três quilómetros de percurso inédito, para terminar no mesmo local de meta utilizado em 2023. A parte final da prova inclui uma dupla passagem pelas classificativas de Seixoso (9,97 km), sem alterações em relação a 2023, e Lameirinha (11,18 km), esta numa versão mais curta que a do ano anterior e que será a POWER STAGE, estando o final da prova, em Fafe, prevista para as 17h32. O Qualifying e o Shakedown, na manhã de sexta-feira, voltam a ter, à semelhança da edição transata, como palco a classificativa de Montim (3,61 km), em Fafe. Na apresentação da prova foi destacada uma inovação no âmbito da sustentabilidade ambiental. Portugal vai ser pioneiro na utilização de gasolinas 100% sintética nos Rally2. “Esta é uma inovação importante nos ralis, que terá início no Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto” adiantou Ni Amorim.

Prova de abertura do CPR, o Rali Serras de Fafe, Felgueiras, Boticas e Cabeceiras de Basto será também pontuável no Campeonato de Portugal de Ralis 2RM (duas rodas motrizes), no Campeonato de Portugal de Masters de Ralis, no Campeonato Promo de Ralis, no Challenge R5/S2000, sendo a prova de abertura da Toyota Gazoo Racing Iberian Cup 2024.