rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Porto e Braga – Detenção por furto e desmantelamento de viaturas

Nos distritos do Porto e Braga foram doze detidos por associação criminosa, furto, burla, falsificação e tráfico e recuperação de 27 viaturas furtadas.

O Comando Territorial do Porto, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Porto, deteve, a 10 de Dezembro, dez homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 22 e os 43 anos, por associação criminosa, furto qualificado, furto de veículo, burla, falsificação de documentos, falsificação de notação técnica, recetação e tráfico de estupefacientes, nos distritos de Porto e Braga.

No âmbito de uma investigação por furto e desmantelamento de viaturas, que decorria há cerca de um ano, a GNR confirmou furto de mais de 100 veículos, com valor total estimado de 3.000.000€. A Guarda recuperou 27 viaturas furtadas, já restituídas aos seus legítimos proprietários. Foram realizados 12 mandados de detenção, 54 mandados de busca, dez arrestos preventivos de contas bancárias, resultando ainda na apreensão de diverso material, como 37 veículos; duas armas de fogo; 11 munições; duas armas brancas; uma besta; uma arma de ar comprimido; 40 doses de cocaína; 21 doses de haxixe; vários motores e peças automóvel; várias chapas de matrículas de veículos; várias chaves de veículos de diferentes marcas; 20.619,50 euros em numerário; 24 telemóveis; um tablet; quatro computadores; um localizador GPS; diverso material e ferramentas relacionadas com o furto e desmantelamento de veículos.

Na mesma operação, foram ainda detidos mais dois homens, um por posse de arma proibida e tráfico de estupefacientes, e outro por posse de arma proibida, de 33 e 58 anos, respetivamente. Os detidos, sete dos quais com antecedentes criminais por ilícitos da mesma natureza, sendo que um deles se encontrava de pena suspensa, foram presentes no Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel, para aplicação das medidas de coação.

A ação policial contou com o reforço de militares do Comando Territorial de Braga, Aveiro, Leiria, Viana do Castelo, Vila Real, Bragança e Viseu e com o apoio de militares da estrutura do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) e do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial do Porto, todos da GNR.