rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Jornadas da Saúde Mental com a psicólogo Vera Melo em Celorico de Basto

Na manhã do passado sábado, 2 de dezembro, no Auditório da Biblioteca Municipal, decorreram as Jornadas de Saúde Mental – Saúde FundaMENTAL, promovidas pelo Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto.

A Dr. Vera Melo, psicóloga clínica, o Dr. João Rema, médico psiquiatra e Eusébio Machado, professor da Universidade Portucalense levaram à discussão as verdades e mitos sobre saúde mental, contextualizaram sobre o que é ser escola nos dias de hoje e sobre a realidade para o aluno da geração Z+ e terminaram com algumas estratégias de regulação emocional.
O Dr. Eusébio Machado partilhou também vários estudos a fim de refletir sobre o sentimento das comunidades educativas sobre a sua própria saúde mental e indicou pistas para a melhorar.

Para o diretor do Agrupamento de Escolas de Celorico de Basto, Domingos Carvalho, esta ação de formação “é fundamental quando temos uma escola cada vez mais responsabilizada pela sociedade que vamos construindo. Os professores e todos os profissionais que trabalham nas escolas acercam em si uma carga cada vez mais exigente e que os obriga a serem multitasking com pressões de vários lados, contribuindo de forma cumulativa para a degeneração da sua saúde mental. Perceber essa realidade e encontrar estratégias e soluções que contrariem essa realidade é objetivo nesta sociedade cada vez mais exigente”.

A ação de formação foi dirigida a professores, técnicos superiores, assistentes administrativos, e operacionais que acederam e marcaram presença nesta ação sobre saúde mental. Durante a  sessão foram abordados mitos e verdades sobre a ansiedade, stress, bournout…Quando recorrer aos cuidados de saúde,  que estratégias a usar para uma melhor saúde mental, a alimentação equilibrada, o exercício físico, as terapias. Falou-se de depressão e dos tratamentos químicos (eletrochoques). A pressão que os professores sofrem diariamente, a capacidade de lidar com o aluno Z+, um desafiante, desatento, digital, que tudo sabe… 

Foi ainda abordado o atual modelo de gestão das escolas, um modelo sistémico, organizacional e comunitário com o intuito de melhorar o funcionamento dos espaços de ensino de forma global.