rádio região de basto

105.6fm - 93.1fm

uma rádio que vale por duas!

Fafe – Moreira de Rei e Várzea Cova vai ter Unidade Local de Proteção Civil

Ouvir a Notícia

Foi na passada sexta-feira que a Comissão Municipal de Proteção Civil emitiu parecer favorável ao Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil.



A Comissão Municipal de Proteção Civil de Fafe reuniu, na passada sexta-feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Presidida pelo Presidente da Câmara Municipal, Antero Barbosa, e com a presença do Vereadora do Ambiente e Florestas, Marta Gonçalves, entre várias entidades, esta reunião abordou assuntos fundamentais para a execução da política municipal de segurança.
A autarquia fafense revela que foi emitido parecer favorável ao Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, que se encontra agora na fase final do processo de revisão, aguardando a emissão de parecer por parte da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil para posterior submissão para aprovação por parte da Assembleia Municipal.
“Este plano foi revisto de acordo com nova legislação relativa à elaboração deste tipo de documentos, nos quais estão definidas as orientações relacionadas com o modo de atuação dos vários organismos, serviços e estruturas a empenhar em operações de proteção civil.”, revela o executivo liderado por Antero Barbosa
Foi emitido, também, o parecer favorável da Comissão para a criação da Unidade Local de Proteção Civil de Moreira do Rei e Várzea Cova, a terceira a ser constituída no nosso concelho, depois da União de Freguesias de Agrela e Serafão e de Freitas e Vila Cova terem as suas Unidades Locais de Proteção Civil devidamente constituídas. A criação destas Unidade Locais de Proteção Civil tem em vista a organização da Proteção Civil no seu patamar de base, a nível local, das pessoas e das instituições próximas, incidindo no princípio da gestão dos recursos consoante as necessidades.
Foi ainda aprovado o Relatório da Subcomissão Permanente de Incêndios Rurais, que compila toda a informação e dados referentes ao trabalho desenvolvido ao longo do presente ano, bem como a análise à atividade operacional e respetivos resultados operacionais. “Esta subcomissão tem como objetivo o acompanhamento contínuo das ações de proteção civil, no âmbito deste desígnio nacional, e a promoção de uma efetiva coordenação institucional com base no princípio de comando único municipal, concretizando uma monitorização permanente da situação e antecipando, face à avaliação do risco, medidas operacionais adequadas.”, revela a autarquia fafense.