slogan

Reis em CabeceirasSeis escolas básicas e jardins de infância do Agrupamento de Escolas de Cabeceiras de Basto proporcionaram na passada sexta-feira, um espetáculo de Reis no Pavilhão Desportivo de Refojos.

Trajadas à moda antiga, as crianças cantaram para o numeroso público no 21º Encontro de Cantares de Reis das Escolas, que contou com a participação de 12 grupos constituídos pelas crianças do pré-escolar e pelos alunos das Escolas do Arco de Baúlhe, de Cavez, de Pedraça e de Gondarém, bem como das Escolas Padre Dr. Joaquim Santos e Profª. Filomena Mesquita.

Neste evento marcaram presença o presidente da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, Francisco Alves, os vereadores Dr. Mário Machado, Dra. Carla Lousada e Eng. Pedro Sousa, o presidente da Junta de Freguesia de Refojos de Basto, Outeiro e Painzela, Leandro Campos, a diretora do Agrupamento de Escolas, Dra. Céu Caridade, o presidente da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Agrupamento, Prof. Luís Santos, e os coordenadores das escolas participantes, bem como muitos familiares dos pequenos reis das escolas e público em geral.

A iniciativa, promovida pela Câmara Municipal em colaboração com o Agrupamento de Escolas, teve como objetivo reviver a tradição e estimular a defesa do património cultural, promovendo a recolha e recriação dos cantares dos reis por parte das escolas e dos seus alunos. Todos os grupos participantes receberam um prémio de participação no valor de 60 euros para a aquisição de material didático-pedagógico.

PODCAST-RRB-BUTTON

PUBLICIDADE

Madrugar

Madrugar

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Covid 19 - Recomendações

Medidas de prevenção:

. distanciamento social;

. etiqueta respiratória:

. o tapar o nariz e a boca quando espirrar ou atirar, usar um lenço de papel ou o braço, NUNCA com as mãos;

. o deitar o lenço de papel no lixo;

. lavar como mãos sempre que se associar, espirrar ou atirar;

. lavar frequentemente como mãos com água e sabão ou uma solução à base de álcool;

. ou evitar contato próximo com dores com infeções respiratórias.

A Direção-Geral da Saúde não recomenda o uso de máscara de proteção individual por pessoas sem sintomas.

A utilização correta das máscaras é recomendada apenas para:

• pessoas doentes;

• suspeitas de infração por COVID-19:

• profissionais que prestam cuidados médicos suspeitos de infração por COVID-19:

O que devo fazer se tiver tido contato próximo com uma pessoa infetada?

Os seguintes sintomas (febre, tosse ou dificuldade respiratória) devem:

• ligar para o SNS 24 - 808 24 24 24 e seguir como instruções dadas;

• evitar estar próximo de pessoas;

Se não tiver sintomas (febre, tosse ou dificuldade respiratória), deve:

• evitar estar próximo de pessoas durante 14 dias;

• medir a temperatura 2 vezes por dia;

 

Siga sempre todas as indicações das autoridades de saúde, nomeadamente a Direção Geral de Saúde, o Serviço Nacional de Saúde, a Organização Mundial de Saúde e as autoridades locais.