slogan

CM FafeA Câmara Municipal de Fafe, em reunião extraordinária realizada, aprovou, sem votos contra, o Relatório e Contas do Município de Fafe relativo ao ano de 2018.

A autarquia salienta uma taxa de execução orçamental da receita de 94 % e da despesa de mais de 89 %. Em 2018, as despesas de investimento ascenderam a 7,7 milhões de euros, o que representa um aumento de 79% em relação ao ano anterior. Isto em consequência do início das obras mais significativas que têm em curso, como requalificação do Bairro da Cumieira, da Escola Secundária de Fafe, da Escola Professor Carlos Teixeira e do Nó de Arões, destaca a autarquia em comunicado. "Na estrutura da receita, realçamos o contributo de cerca de 3 milhões de euros de fundos comunitários.

Sublinhamos ainda o forte apoio às Freguesias com a transferência na ordem dos 4 milhões de euros, às Instituições com cerca de 3,9 milhões de euros e às Famílias no valor total de 1 milhão de euros.", revela o executivo fafense em comunicado. A  dívida a fornecedores é "diminuta", na ordem dos 104 mil euros, salienta a autarquia "uma grande capacidade de endividamento". Para além disso, verifica-se um elevado grau de independência do Município perante os seus credores, avaliado pelo rácio de solvabilidade que, em 2018, foi de 1265.7, o qual demonstra o reduzido peso do passivo relativo aos fundos próprios. O Presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, congratula-se por este feito e declara que "iremos continuar a trabalhar em conjunto com as freguesias e com as coletividade e instituições do nosso concelho, manteremos os apoios sociais às famílias com maiores dificuldades, e continuaremos a promover o desenvolvimento harmonioso do nosso Município, bem como a criar condições para a atração de investimento, mantendo as contas certas e equilibradas."

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Madrugar

Madrugar

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos