slogan

Câmara de Cabeceiras de Basto atribui apoio a associações e coletividadesBombeiros Cabeceirenses, Delegação do Arco de Baúlhe da Cruz Vermelha Portuguesa e Fundação A. J. Gomes da Cunha entre as instituições que mais recebem.

O Executivo Municipal de Cabeceiras de Basto aprovou, por unanimidade, na sua última reunião do passado dia 28 de abril, a atribuição de apoios financeiros a associações e instituições que desenvolvem atividades e iniciativas culturais, recreativas, desportivas, sociais, humanitárias, entre outras, no concelho de Cabeceiras de Basto. Trata-se de uma verba global que ascende aos 101 mil euros, atribuída pela autarquia nesta reunião a 21 associações com o intuito de impulsionar o desenvolvimento das suas atividades, numa perspetiva de cooperação e parceria com o movimento associativo, cuja ação é crucial ao progresso do concelho. De entre os apoios atribuídos, destaque para os subsídios aos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses (35.000 euros), à Delegação do Arco de Baúlhe da Cruz Vermelha Portuguesa (22.500 euros) e à Fundação António Joaquim Gomes da Cunha (12.750 euros). Relativamente à Fundação A. J. Gomes da Cunha, de referir que a Câmara Municipal deliberou, pela primeira vez este ano, cofinanciar em 12.750 euros o plano de transportes dos utentes do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO), desde a sua residência até à Fundação bem como o seu regresso a casa, um importante apoio às famílias e à própria Fundação, uma vez que a autarquia assume, através da celebração de um protoloco, um terço do custo global deste serviço.

No que se refere aos Bombeiros Voluntários Cabeceirenses e à Delegação do Arco de Baúlhe da Cruz Vermelha Portuguesa, foram-lhes atribuídos subsídios nos montantes de 35.000 euros e de 22.500 euros, respetivamente, para a execução dos seus respetivos planos de desenvolvimento social a realizar no Município Cabeceirense.

De referir que o apoio atribuído em 2017 aos Bombeiros teve um acréscimo de 2.500 euros em relação ao ano de 2016. Paralelamente foram aprovados outros apoios a associações para o desenvolvimento dos respetivos planos de desenvolvimento de atividades mas também para apoio a execução de obras como é o caso da ADIG - Associação para o Desenvolvimento dos Interesses de Gondiães, a quem foi destinada uma verba de 7.500 euros para a execução de diversas obras de reconstrução e ampliação da antiga Escola de Gondiães, sede da Associação.

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos