slogan

Jornadas da Educação no arranque do ano letivo em LousadaNas III Jornadas da Educação o tema foi "Sucesso educativo, territorialidade e contextos escolares: novas abordagens".

"É com iniciativas como esta que a partilha de conhecimentos entre conferencistas e público se torna fundamental. Os assuntos abordados e os conferencistas que apresentam temas de grande atualidade e pertinência", disse Pedro Machado, autarca de Lousada. Na intervenção do Dr. António Campos, Diretor do Centro de Formação de Associação de Escolas (CFAE) Sousa Nascente, "a autarquia de Lousada dá uma enorme importância às questões de educação, numa parceria que pretendemos dar continuidade".

No que respeita ao tema destas jornadas "pretendeu-se centrar na territorialidade e na promoção das boas práticas do ensino no concelho. Aliás, esses são factos incontornáveis, na medida em que a taxa de insucesso e de abandono são residuais. É com ânimo renovado que damos início a este novo ano letivo" – afirma o responsável do CFAE. Em representação dos Agrupamentos de Escolas a Dra. Luísa Lopes, Diretora do Agrupamento de Escolas de Lousada Oeste, destacou que "as anteriores edições destas jornadas têm sido um sucesso, fruto de um trabalho participado e conjunto que tem objetivo de excelentes resultados".

"A escola e território" foi o primeiro tema apresentado pelo Dr. Joaquim Machado, da Universidade Católica. Na intervenção foram destacadas as ideias como de estabelecimento a território educativo e perspetivas atuais de coordenação local da educação escolar. "O Plano Estratégico Educativo Municipal" (PEEM) foi apresentado pelo Dr. Valdemar Castro Almeida, da Universidade Católica do Porto, bem como pelo Vereador da Educação da Câmara Municipal e diretores dos Agrupamentos de Escolas do concelho. Este é o resultado do trabalho efetuado pelos diversos atores que compõem a comunidade educativa e representantes dos vários setores da sociedade local. O PEEM surge no seguimento de uma aposta que tem sido feita por parte da autarquia na educação e qualificação do capital humano, tendo como intuito promover o incremento dos níveis de escolarização da população, o sucesso das aprendizagens e a capacidade para responder eficazmente aos desafios e oportunidades do mercado de trabalho. Desta forma, neste Plano a concetualização não fica resumida apenas aos estabelecimentos de ensino e formação do Município, mas a todas as entidades que contribuem, direta ou indiretamente, para os processos educativos. "Caminhos para a promoção do sucesso escolar – assumir compromissos e (re)construir dinâmicas de intervenção locais" foi o tema apresentado pelo Dr. José Cortes Verdasca, Coordenador Nacional do Programa Nacional de Promoção do Sucesso Escolar. O sucesso escolar é condicionado por fatores internos e externos, a escola tem um papel crucial enquanto líder do processo curricular e pedagógico e indutora de práticas de colaboração e corresponsabilização de todos os agentes da comunidade essenciais à construção do sucesso escolar e ao compromisso com o ensino e a valorização das aprendizagens.

O primeiro dia de trabalhos terminou com as apresentações do Prof. Doutor Rogério Martins, da Universidade Nova de Lisboa, com "A minha bicicleta calcula áreas". O Dr. Ricardo Pinto, da Universidade do Minho, apresentou o Projeto Hypatiamat que tem como objetivo a excelência e o desenvolvimento do sucesso escolar, sobretudo centrado na matemática desde o 1.º ao 9.º ano, com inúmeras aplicações hipermédia e interativas.

Na sexta-feira, os trabalhos tiveram início com a apresentação dos projetos locais mobilizadores do sucesso escolar, mais concretamente do ERASMUS+, no âmbito da educação. Seguiu-se a apresentação "A falar é que a gente se entende – um projeto de promoção de competências do domínio da oralidade", pela Dra. Isabel Machado, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Este é um projeto de promoção de competências no domínio da oralidade aplicado em contexto de sala de aula com os alunos do Agrupamento de Escolas de Lousada Este. As apresentações finais estiveram a cargo da Dra. Daniela Guimarães com o tema "Educar no século XXI: o uso de apps e mobile-learning". "O projeto VOZ: A voz como instrumento de trabalho docente" foi apresentado pela Dra. Suzana Costa, do Agrupamento de Escolas Dr. Mário Fonseca.

Realizaram-se ainda três workshops temáticos, contando com a participação dos docentes. "O património geológico local no ensino das Ciências da Terra: estratégias de avaliação do potencial educativo", "Caminhos e desvios de curricularidade pré-escolar em Portugal" e "O Românico no contexto histórico e patrimonial do concelho de Lousada" foram os temas.

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Madrugar

Madrugar

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos