slogan

CM FafeEducação e Apoio Social receberam 3,5 Milhões de euros.

O Município de Fafe viu as contas de 2014, aprovadas em reunião de câmara, com os votos do PS e do PSD e com 3 abstenções dos Independentes. Em 2014, considerado o ano zero do novo executivo, a autarquia apresenta uma situação de total equilíbrio orçamental com a receita corrente a fazer face às despesas correntes. O Município utilizou apenas 7% da sua margem disponível de endividamento. Em 2014, a autarquia atingiu uma execução orçamental da receita de 85,4%, sendo que a receita corrente superou o valor previsto. Ao nível da despesa, a execução orçamental foi de 81,9%. Em 2014, o município efetuou 7,1 milhões de euros de investimento aplicado na aquisição das habitações, a custo controlado, da Urbanização José Saramago, ampliação do Centro Educativo Montelongo, conclusão dos projetos do recinto da feira semanal e arquivo municipal, tendo sido ainda efetuados investimentos na rede viária na ordem dos 842 mil euros.

Foram ainda pagos, em 2014, os terrenos da antiga estação da CP e efetuados investimentos financeiros no âmbito da realização do capital subscrito com as Aguas do Noroeste. A Câmara Municipal de Fafe aplicou ainda 3, 5 milhões de euros em educação e programas de apoio social. A autarquia fechou o ano de 2014 com um valor residual de divida a fornecedores, inferior a 120 mil euros, sendo a divida de empréstimos bancários de médio-longo prazo na ordem dos 4,5 milhões de euros. Para o presidente da câmara municipal de Fafe, Raul Cunha, estes resultados mostram a forma transparente e rigorosa com que esta autarquia trabalha. "Ao olharmos para este relatório percebemos que tem sido feito um esforço para utilizar o dinheiro público da melhor forma possível, com responsabilidade e sempre focados no bem comum, exemplo disso mesmo é o forte investimento feito na habitação, ação social e educação", disse, explicando que "a nossa prioridade são as pessoas e, como tal, temos de usar bem o pouco que temos para as ajudar, para dar qualidade de vida aos nossos munícipes". Raul Cunha, lembra ainda que Fafe se pode orgulhar de estar a investir e a realizar iniciativas, mantendo uma tesouraria com liquidez e financeiramente sustentável que lhe permite ter prazos médios de pagamento, efetivos, inferiores a 30 dias. "Fafe é um município que, apesar da situação que o país atravessa, consegue um equilíbrio orçamental que nos permite trabalhar e investir em áreas tão importantes para a vida dos Fafenses como sejam a dinamização social, cultural e desportiva, como temos vindo a fazer", afirmou o autarca.

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Madrugar

Madrugar

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos