slogan

Montalegre promove Mundial Rallycross em VigoA prova inaugural do Mundial Rallycross, a realizar no circuito internacional de Montalegre, de 15 a 17 abril é divulgada no XXV Salão do Automóvel de Vigo, Espanha, de 2 a 10 de abril. 

Desde 1992 que a cidade espanhola de Vigo dedica cerca de duas semanas ao mundo automóvel. Este ano, de 2 a 10 de abril, são celebrados os 25 anos do evento no espaço do Instituto Ferial de Vigo. O município de Montalegre marca presença com a promoção da prova do Campeonato do Mundo de Rallycross que ocorre de 15 a 17 de abril. O norte-americano Ken Block (abaixo à esquerda) promete ser uma das grandes atrações da prova inaugural do Campeonato do Mundo de Rallycross, cujo arranque acontece no circuito internacional de Montalegre (15 a 17 abril). Falamos de um piloto que arrasta milhões de fãs por todo o Mundo dada a sua peculiar espetacularidade na arte de conduzir. Um condutor muito particular que dá espetáculo dentro do próprio espetáculo. O piloto de drift e rally americano, que já confirmou que irá participar em todas as 12 provas do Campeonato Mundial de Rallycross, resultado da parceria com a divisão desportiva da Ford, a Ford Performance, equipa que conta ainda com o talentoso piloto norueguês Andreas Bakkerud. Conhecido pelas suas virais "Gymkhanas" (a última, Gymkhama Eight, gravada no exótico Dubai, atingiu mais de oito milhões de visualizações no Youtube em apenas cinco dias), Block irá estar ao volante de um novo Ford Focus RS RX. Recorde-se que em 2014, surgiu pela primeira vez na competição, na ronda da Noruega, onde celebrou um pódio, e depois em França, onde obteve o quarto lugar da geral e a volta mais rápida do evento. A presença de Block em Montalegre reforça o "cartaz de sonho", que já por si representa, com nomes como Sébastien Loeb (abaixo à direita) e o atual campeão do Mundo, Petter Solberg. Sébastien, francês, de 42 anos, vai correr pela equipa Peugeot Hansen, como colega do vice-campeão em título, o sueco Timmy Hansen, depois de nas duas últimas épocas ter experimentado um outro Campeonato do Mundo FIA (WTCC). A chegada ao World RX, sob égide da FIA (com 12 etapas) vai reforçar os holofotes mediáticos para uma modalidade cada vez mais admirada. Com efeito, depois da participação no Dakar, esta lenda do automobilismo continua a experimentar novas disciplinas no desporto motorizado, desde o "adeus" a tempo inteiro aos ralis. Para esta nova aventura, Loeb irá ter em mãos um Peugeot 208 WRX Supercar de 550 cv.Interrogado do estado de espírito que possui para este novo desafio, Sébastien Loeb não disfarça a satisfação: «estou muito entusiasmado pela oportunidade de poder participar, pela primeira vez, numa temporada completa do Campeonato do Mundo de Rallycross. Ao longo dos anos tenho sido afortunado por poder participar em algumas corridas verdadeiramente sensacionais, mas o rallycross – com a potência "bruta" e a competitividade do Peugeot 208 WRX, mais a intensa natureza da competição – será algo muito especial. O carro e a estratégia para este tipo de corridas é algo completamente novo para mim, por isso tenho muito a aprender, mas espero poder ser competitivo muito em breve».

Ken BlockSébastien Loeb

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos