slogan

Dani SordoDani Sordo parte para esta edição do Vodafone Rally de Portugal como se estivesse a competir em casa. O espanhol que defende as cores da Hyundai no Campeonato do Mundo de ralis costuma receber o apoio de muitos adeptos espanhóis quando compete em território luso, e com a passagem da prova para o Norte do país, tal vai intensificar-se.

Com a proximidade da Galiza, uma região onde há muitos adeptos de ralis, Dani Sordo não tem dúvidas que serão imensos os espectadores ao longo das especiais que vão puxar por si e incentivá-lo a andar mais depressa. "Vem sempre muita gente de Espanha para ver o Rally de Portugal. Com a prova no Norte, haverá ainda mais 'affición' devido à proximidade com a Galiza. Espero muita gente, como é habitual neste rali, mas este ano creio que ainda haverá mais", afirmou o piloto da Hyundai. Dani Sordo quer mostrar a sua competitividade numa prova que é nova para toda a gente e ambiciona "terminar o mais acima possível na classificação. Seria bom alcançar um lugar no pódio", esclareceu. Relativamente à especiais, Sordo destacou a beleza das mesmas, e realçou o desafio que a classificativa de Ponte de Lima poderá colocar aos participantes, pois "é um troço muito difícil". Por outro lado, o desconhecimento vai exigir mais de pilotos e técnicos. Porque para além de não saberem bem como são os percursos, também não há informação acerca do desgaste dos pneus nem para ter as melhores afinações para os carros, o que poderá provocar algumas surpresas ao longo dos dias de competição.                                                                   (texto-ACP)

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos