slogan

Mundial Rallycross 2015 - Johan Kristoffersson triunfa em Montalegre (1)O sueco Johan Kristoffersson (na foto ao lado) venceu a primeira prova do Campeonato do Mundo de Rallycross realizada no circuito internacional de Montalegre.

A vitória na "prova-rainha" (Supercars) foi alcançada por entre muita chuva levando a melhor sobre o lendário Petter Solberg (segundo) e o jovem Timmy Hansen (terceiro)( na foto abaixo). 

Foi entre muita chuva que o piloto sueco Johan Kristoffersson (4m33,888s), ao volante de um VW Polo Supercar, venceu a primeira jornada do Campeonato do Mundo de Rallycross disputada este fim de semana no circuito internacional de Montalegre. Kristoffersson bateu na final o campeão do mundo Petter Solberg (4m37,678s) - Citroen DS3 Supercar - e o jovem Timmy Hansen (4m45,575s) em Peugeot 208 Supercar. Davy Jeanney (Team Peugeot-Hansen) e o líder do primeiro dia, Andreas Bakkerud (Ford Olsbergs MSE), foram quarto e quinto. O sexto classificado foi PG Andersson (Marklund Motorsport). No sétimo posto ficou o piloto do DTM Mattias Ekstrom (Audi S1 Supercar). Ainda nos 10 primeiros encontramos Topi Heikkinen (VW Polo), Timur Timerzyanov e Manfred Stohl. Nas outras categorias, dizer que o antigo campeão europeu de Autocross, Krisztian Szabo, venceu entre os Super1600 (Skoda Fabia), seguido pelo francês Andrea Dubourg, em Renault Clio. O último lugar do pódio foi ocupado por Janis Baumani, em Renault Twingo.

Por fim, o campeão dos RX Lites (carros de 310 cv com chassis tubular) em 2014, Kevin Eriksson, dominou e venceu a categoria no circuito de Montalegre. Kevin Hansen – irmão mais novo de Timmy – foi segundo. Na terceira posição ficou Joachim Hvaal. As fracas condições do tempo não criaram mossa no ânimo do presidente da Câmara de Montalegre. Orlando Alves prefere valorizar o impacto do evento: «apesar do mau tempo foi um fim de semana fantástico, animadíssimo e muito participado». Entre o leque de caras conhecidas que marcou presença no circuito internacional barrosão, o autarca destaca a presença de Emídio Guerreiro, Secretário de Estado do Desporto e Juventude: «tivemos a honra de ter aqui o Secretário de Estado do Desporto e Juventude...foi uma oportunidade para o confrontar com algumas falhas e deficiências que temos que suprir». Ainda sobre este assunto, o número um da edilidade opinou: «vai daqui com uma boa impressão sobre o nosso circuito e veio também aprender algo que irá transmitir em Lisboa». Em síntese, esclareceu Orlando Alves, «trata-se de um evento de grande impacto e de grande visibilidade para uma terra pequena como Montalegre que passa a ser falada em todo o Mundo, pelas transmissões televisivas e pelo facto de sermos parceiros de um campeonato desta dimensão que fica já muito perto daquilo que costumamos ver na Formula1». Muito satisfeito pela atmosfera que observou, o Secretário de Estado do Desporto e Juventude corroborou com o discurso do presidente da Câmara ao mesmo tempo que sublinhou o "ano de ouro" que Portugal vive em matéria de desporto automóvel: «é a primeira vez que venho ver esta prova. É fantástica. Em 2015, Portugal é dos pouquíssimos países do Mundo que tem três provas a contar para mundiais da FIA (Federation Internationale de l'Automobile). Temos aqui o WRX (Campeonato do Mundo de Rallycross), vamos ter o WTCC (World Touring Car Championship) também em Trás-os-Montes, em Vila Real, e o Rally de Portugal, também no Norte. É um ano em cheio para o automobilismo português e para os adeptos destas modalidades». Na mesma linha, Emídio Guerreiro lembrou que esta conjetura «é muito importante para as nossas economias locais». O desporto, adverte o governante, «é um fator económico muito importante para a recuperação do país», onde «Montalegre é um bom exemplo disso». O responsável governativo disse ainda que «o dinamismo e agitação, durante este fim de semana, representa muito dinheiro para a atividade local». A fechar, o Secretário de Estado do Desporto e Juventude elogiou a política seguida pela autarquia local: «estamos perante uma estratégia correta de uma terra pequena do Interior que consegue colocar-se no mapa mundial em várias atividades o que é extremamente importante», isto surge porque «o desporto pode ser um fator de diferenciação e Montalegre tem agarrado bem isso, tornando-se uma referência em diferentes modalidades o que é muito positivo...o caminho é este, trabalhar em rede e estabelecer parcerias».                                                                      

                                                                                                                            (texto - CM Montalegre)

Mundial Rallycross 2015 - Johan Kristoffersson triunfa em Montalegre (2)

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos