slogan

ResendeA Rota do Românico (RR) estreou ontem, 26 de julho, um filme promocional dedicado a mais um concelho do seu território de influência, Resende.

O filme viaja pela misteriosa serra de Montemuro até ao Mosteiro de Cárquere, à Ponte da Panchorra e à Igreja de São Martinho de Mouros, que a par da Igreja de Barrô, integram o percurso de visita da Rota do Românico. Em comunicado a RR revela que as Caldas de Aregos, o Museu Municipal e a vila de Resende também são destacados, tal como o alojamento e a gastronomia de eleição daquele concelho. Verdadeiras imagens de marca, as afamadas cerejas de Resende não foram, naturalmente, esquecidas.

Depois do spot, do compacto dos monumentos e dos filmes de Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira e Paredes, este é o décimo primeiro filme da Rota do Românico destinado à promoção dos 12 municípios que integram a sua área de abrangência.

A produção destes 14 novos filmes é cofinanciada pelo Turismo de Portugal, no âmbito da operação "Capacitação e Valorização Turística da Rota do Românico", aprovada pelo Valorizar - Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior.

A Rota do Românico reúne, atualmente, 58 monumentos, distribuídos por 12 municípios dos vales do Sousa, Douro e Tâmega (Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Resende), no Norte de Portugal.

As principais áreas de intervenção da Rota do Românico abrangem a investigação científica, a conservação do património, a dinamização cultural, a educação patrimonial e a promoção turística.

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Madrugar

Madrugar

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Covid 19 - Recomendações

Medidas de prevenção:

. distanciamento social;

. etiqueta respiratória:

. o tapar o nariz e a boca quando espirrar ou atirar, usar um lenço de papel ou o braço, NUNCA com as mãos;

. o deitar o lenço de papel no lixo;

. lavar como mãos sempre que se associar, espirrar ou atirar;

. lavar frequentemente como mãos com água e sabão ou uma solução à base de álcool;

. ou evitar contato próximo com dores com infeções respiratórias.

A Direção-Geral da Saúde não recomenda o uso de máscara de proteção individual por pessoas sem sintomas.

A utilização correta das máscaras é recomendada apenas para:

• pessoas doentes;

• suspeitas de infração por COVID-19:

• profissionais que prestam cuidados médicos suspeitos de infração por COVID-19:

O que devo fazer se tiver tido contato próximo com uma pessoa infetada?

Os seguintes sintomas (febre, tosse ou dificuldade respiratória) devem:

• ligar para o SNS 24 - 808 24 24 24 e seguir como instruções dadas;

• evitar estar próximo de pessoas;

Se não tiver sintomas (febre, tosse ou dificuldade respiratória), deve:

• evitar estar próximo de pessoas durante 14 dias;

• medir a temperatura 2 vezes por dia;

 

Siga sempre todas as indicações das autoridades de saúde, nomeadamente a Direção Geral de Saúde, o Serviço Nacional de Saúde, a Organização Mundial de Saúde e as autoridades locais.