slogan

Agustina Bessa LuísA Câmara Municipal de Penafiel expressa profundo pesar pelo falecimento de Agustina Bessa-Luís, um dos maiores nomes da literatura portuguesa.

Em nome do Município de Penafiel, o Presidente Antonino de Sousa apresenta as mais sentidas condolências à sua família, amigos mais próximos e a toda a comunidade literária. Em 2010, Agustina Bessa-Luís foi homenageada em Penafiel, no festival literário Escritaria. Nessa edição, a cidade foi "contaminada" pela obra e pela vida de Agustina Bessa - Luís, autora de "A Sibila", "Vale Abraão", "A Quinta Essência", entre muitas outras obras.

Para Antonino de Sousa, Presidente da Câmara Municipal de Penafiel, "Partiu um dos nomes maiores da literatura portuguesa contemporânea. Uma escritora de referência que Penafiel homenageou em 2010, no nosso Escritaria. Foram 3 dias de uma grande homenagem, em vida, que envolveu todos sem excepção, com exposições, da arte de rua (contaminação), conferências e workshops, sem esquecer os convidados, como foi o caso de Manoel de Oliveira, cineasta português, que prestaram homenagem à (re) descoberta de Agustina Bessa - Luis. Ficará nos nossos corações e nas nossas memórias, e imortalizada para sempre na sua grande obra."

Maria Agustina Ferreira Teixeira Bessa-Luís nasceu em Vila Meã, Amarante, a 15 de Outubro de 1922. Cresceu nesta região e estreou-se como romancista em 1948, com a novela Mundo Fechado. Em 1954 impõe-se como uma das vozes mais importantes da ficção portuguesa contemporânea com o romance A Sibila. Agustina Bessa-Luís foi agraciada com inúmeros prémios, como o Prémio Eça de Queirós (1954), Prémio Nacional de Novelística (1967), Prémio D. Diniz (1981) Grande Prémio Romance e Novela (1983 e 2001), Prémio Camões (2004).

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos