slogan

Mondim de Basto assinalou 800 anos do Foral de ErmeloEm 1196, D. Sancho I concedeu aos povoadores de Ermelo e Bilhó uma "Carta de Aforamento", documento que pretendia favorecer a fixação populacional, ao mesmo tempo que afirmava a jurisdição real. Há 800 anos, em março de 1218, D. Afonso II confirmou o ato outorgado por seu pai, reforçando o alcance daquele foral, um dos mais antigos atribuídos no distrito de Vila Real.

O Município de Mondim de Basto assinalou os 800 Anos da Confirmação do Foral de Ermelo tendo promovido, naquela localidade, uma sessão comemorativa que contou com uma forte adesão da população de Ermelo, mas também de alunos do Agrupamento de Escolas de Mondim.

Na cerimónia, depois dos discursos evocativos da efeméride, pelo Presidente da Câmara, Humberto Cerqueira e pelo Presidente da União de Freguesias de Ermelo e Pardelhas, Armindo Marinho Henrique, o arqueólogo e historiador, António Pereira Dinis, apresentou a exposição "Arquitetura Vernacular de Ermelo", constituída por 12 painéis, tendo destacado a originalidade do conjunto arquitectónico de Ermelo e apelando à preservação da paisagem cultural, construída pelos habitantes de Ermelo ao longo dos séculos. Na sua intervenção, o Presidente da Câmara reforçou a importância da história e do património como elementos de valorização do território, para atrair mais turismo e visitantes. A exposição "Arquitetura Vernacular de Ermelo", pensada no contexto da comemoração do Ano Europeu do Património Cultural 2018, vai estar patente na Casa do Povo de Ermelo, até ao dia 14 de abril, passando para a Biblioteca Municipal no dia 18 de abril, para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, aí permanecendo aberta ao público durante um mês.

A data da Confirmação do Foral de Ermelo foi ainda assinalada com o descerramento de uma placa evocativa, afixada no edifício da Junta de Ermelo, junto ao Pelourinho.

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos