slogan

Obra Hidro-Electrica do Olo apresentada na Biblioteca Municipal de AmaranteO trabalho intitulado "Obra Hidro-Electrica do Olo (1912 – 1917)" da autoria de António Aires pretende, para além de outros questões abordadas, assinalar o I Centenário da Luz Elétrica em Amarante, que ocorreu a 4 de Abril de 1918. A apresentação terá lugar na Biblioteca Municipal Albano Sardoeira, a 12 de agosto, pelas 16 horas.

António Francisco Esteves Aires é natural da freguesia de Amarante (S. Gonçalo), onde nasceu a 18 de dezembro de 1955, professor aposentado, licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. "Dar a conhecer o desenrolar dos acontecimentos, relativos àquela grande obra, e que culminaram na inauguração da luz elétrica em Amarante" é um dos principais objetivos do trabalho, como menciona o autor. "Amarante vai finalmente sair da penumbra dos candeeiros de petróleo e a luz elétrica torna-se uma realidade, que os amarantinos vão saudar com estrondosa alegria e gratidão" – pode ler-se na obra. Só conhecendo bem o nosso património e a história que lhe está subjacente poderemos dar verdadeiro valor e contribuir para a sua defesa intransigente, defende António Aires.

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site você concorda com a utilização de cookies. Politica de cookies