slogan

Exposição Auschwitz Marca (s) de uma herança 70 anos depois em Mondim de BastoFoi inaugurada a exposição "Auschwitz: Marca (s) de uma herança 70 anos depois" do autor David Araújo, repórter da RTP, na biblioteca municipal de Mondim de Basto

Nesta exposição o autor evoca as duas vezes em que esteve no maior campo de concentração da Alemanha nazi. Num universo monocromático, como se apresenta Auschwitz, o autor optou pela fotografia a preto e branco, com o propósito de realçar as formas e os tons de uma realidade quase intransponível. A escolha pela luz natural e luz ambiente conduz-nos a uma representação dura e contrastada, em que prevalecem as sombras, profundamente marcadas que materializam e dão a conhecer aquele que se tornou o símbolo máximo de um projeto sem precedentes de aniquilamento de uma parte da humanidade. A exposição é completada com a exibição de uma entrevista a Leon Weintraub, um dos sobreviventes de Auschwitz, assinada pelo autor e pela jornalista Sandra Sá Couto. A abertura esteve a cargo do Presidente da Câmara, Humberto Cerqueira, que enalteceu o trabalho e manifestou o seu contentamento em acolher uma exposição de grande qualidade, de um autor natural de Mondim de Basto. Entreviu também a Professora Doutora Ana Campina, ativista dos direitos humanos que enquadrou a temática no universo dos direitos equitativos a que todos os seres humanos têm direito. Esta exposição estará patente até ao dia 10 de março de 2017.

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site você concorda com a utilização de cookies. Politica de cookies