slogan

Biblioteca de Penafiel inaugurou exposição de fotografia sobre Teixeira de PascoaesNo âmbito das atividades da Biblioteca, José Claudino da Silva apresentou o livro "Desertor 6520".

No passado dia 4 de novembro, a Biblioteca Municipal de Penafiel inaugurou a exposição do 1.º concurso de fotografia "Ilustre Amarantino 2016" que tem como tema o poeta Teixeira de Pascoaes, um dos maiores nomes da poesia portuguesa do século XX. A iniciativa contou com a presença da Vereadora com o Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Penafiel, Susana Oliveira, Adelaide Galhardo, Diretora da Biblioteca de Penafiel, e Verónica Teixeira Pinto, membro do júri do concurso. A exposição de fotografia é composta por três cenários relacionados com o poeta de Amarante, como "Rua da Cadeia", "Café Bar" e "Criativo". Na primeira edição do concurso foram atribuídos três prémios: 1.º prémio (António José dos Santos Cunha – Chaves); 2.º prémio (Maria João Ricardo Gonçalves – Amarante); 3.º prémio (Leonel Azevedo Ferreira – Amarante). Já as menções honrosas foram para António Alves Tedim (Moreira da Maia), Isabel Cristina Ferreira da Costa (Moreira da Maia), João Diogo Fonseca Cardoso (Amarante).

Para Susana Oliveira, Vereadora com o Pelouro da Cultura da Câmara Municipal de Penafiel, "É com muita satisfação que recebemos na nossa Biblioteca Municipal esta exposição sobre os lugares marcantes da vida do poeta Teixeira de Pascoaes. Quero felicitar as entidades que se uniram para criar este concurso de grande interesse para as pessoas de Amarante e da região do Tâmega e Sousa. Felicito também os premiados neste concurso pelas magníficas fotografias." A exposição do 1.º concurso de fotografia "Ilustre Amarantino 2016" estará patente no edifício da Biblioteca até ao final do mês de novembro.

No mesmo dia foi ainda apresentado, no auditório da Biblioteca Municipal de Penafiel, o livro "Desertor 6520" de José Claudino da Silva, um autor natural de Penafiel. A apresentação esteve a cargo de Henrique Martins.

Para José Claudino da Silva, autor do livro, "Foi aqui, na Biblioteca de Penafiel, que se cimentou o meu gosto pela leitura. Devorava imensos livros e aos 13 anos de idade já lia autores como Eça de Queirós. É com nostalgia que regresso à Biblioteca como escritor. Este livro reflete a vida de muitos expatriados e refugiados da Guerra Colonial." O livro "Desertor 6520" aborda a problemática da Guerra Colonial e os motivos que conduziram ao fim da Guerra. No âmbito das iniciativas decorreu também declamação de poesia da autoria de Teixeira de Pascoaes, por Leonor Coelho e Carlos Monteiro que estiveram acompanhados à viola amarantina, por Eduardo Costa.

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site você concorda com a utilização de cookies. Politica de cookies