slogan

Amadeu de Souza CardosoO Centro de Belas Artes de Bruxelas está a mostrar, em exposição, desde o dia 29 de setembro e até 22 de janeiro de 2017, duas obras de Amadeo de Souza-Cardoso, uma das quais cedida pelo Museu Municipal.

Trata-se do quadro "Retrato de um homem", propriedade do MMASC, sobre o qual escreveu o seu diretor, António Cardoso. Em Paris, Amadeo contactara com as várias correntes artísticas, mentores e artistas, afastava-se dos seus conterrâneos como "desdém da mediocridade". Nos curtos anos da sua existência (1887-1918) e na curta vida de Artista (1887-1918),"[ a] notável evolução" verificar-se-á em 1913-14, numa prática vagamente "fauve", com a enunciação de novos ritmos, anunciadores de soluções órficas, ajustadas, posteriormente, na datação, às buscas dos Delaunay... Amadeo parece, pois, cruzar-se com uma prática "fauve" e efeitos pontilhistas, com um cubismo mitigado, um sentimento órfico e um trânsito do Cubismo à Abstracção. A pintura "Figura de Homem", agora exposta em Bruxelas, terá a ver com um conjunto significativo de mais de uma dezena de obras do período enunciado, com situações abstratizantes, com um esquema de representação idêntico ao retrato do Tio Francisco (Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso),mais construído e estruturado, diferentemente, ainda, do retrato, mais "arcaizante" e "primitivo" que Amadeo realizara, em Bruxelas, em Agosto de 1910,"Retrato de Ferraz de Andrade". A outra obra de Amadeo que o Centro de Belas Artes de Bruxelas vai mostrar chama-se "Luto, Cabeça, Boquilha", sendo de propriedade particular.

Publicidade

Madrugar

Madrugar

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site você concorda com a utilização de cookies. Politica de cookies