slogan

Músicas da revolução nas comemorações do 25 de Abril em Celorico de BastoEm Celorico de Basto, as celebrações da "Revolução dos Cravos" decorreram com a interpretação de vários clássicos da música portuguesa vinculadas à revolução do 25 de Abril. A iniciativa decorreu no palco do Centro Cultural Prof. Doutor Marcelo Rebelo de Sousa, no dia 24 de abril.

"Por este palco passaram algumas das músicas mais emblemáticas da revolução de 25 de abril de 1974 muito bem interpretados pelos grupos locais" disse o presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, Joaquim Mota e Silva. "Comemorar o 25 de Abril é destacar um dos momentos mais marcantes da nossa história, um momento que nos deu, a todos, direitos que até então víamos como utopias. Celebramos com música e poesia, porque são formas exemplares de expressão, de dar a conhecer a nossa opinião sobre o país, a realidade de então e de agora. A música e a poesia fizeram e continuam a fazer o seu papel com mestria, incitando ao pensamento, à ação" realçou. As "Músicas da Revolução" mostram-se cada vez mais, como uma iniciativa muito procurada pela população local. Belas músicas com letras que retratavam o estado do país trazem memórias e estórias da história de Portugal e de todos os portugueses. Vários grupos locais passaram pelo palco do Centro Cultural, refira-se os Deelay, os Basfados, a Universidade Sénior, a Família Silva, os Amigos do Improviso e os Omnis. Os grupos interpretaram grandes clássicos, como "Vampiros", Venham mais cinco, "A morte saiu à rua", "Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades", os Meninos do Huambo", entre outras. Músicas de Zeca Afonso, Sérgio Godinho, José Mário Branco, Adriano Correia de Oliveira, entre outros. Durante o espetáculo, a Associação de Pais da Escola da Mota apresentou um vídeo desenvolvido pelas crianças do centro Escolar da Mota, na disciplina de ALE - Expressão Dramática, sobre o 25 de abril. Apresentaram também o poema original "25 de Abril" que incidiu nos direitos e a liberdade conseguida com a revolução de 25 de Abril de 1974. As comemorações do 25 de abril contaram ainda com a iniciativa protagonizada pela Cooperartes "Os cravos da nossa revolução", no dia 22 de abril, que apresentou um concerto protagonizada pelos alunos e professores da Academia de Música. Paralelamente à música, o teatro mostra-se como uma forma de liberdade assim, foi apresentada a peça "A Dama das Camélias" encenada pelo Grupo de Teatro Celoricense.

18ª Aniversário RRB

18º Aniversário RRB

Publicidade

Madrugar

Madrugar

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site você concorda com a utilização de cookies. Politica de cookies