slogan

Rueff e Monchique"Lousada tem um culto de espetáculos de comédia já instituída, o que representa sinal de inteligência de quem dirige este espaço" - Luís Franco Bastos.

 

A segunda edição das Comédias D´Outono teve todos os espetáculos lotados, com um número total de espetadores que rondou os 1400.Nos três fins-de-semana deste Festival do Humor e do Riso subiram ao palco nove comediantes nacionais reconhecidos do grande público. Herman José, que atuou no dia 2 de outubro, destacou que poderia encarnar "o personagem Serafim Saudade, pela visão muito leve da vida e pelo facto de estra ligado à música e ter caracóis". Relativamente às Comédias d'Outono Herman José salientou que o espetáculo "foi especial porque se percebe que existe corrente de público". Abrir um Festival destes é "muito simpático e assume-se como um modo de dar visibilidade ao humor, que durante muitos anos não teve" – afirmou ainda Herman José. Pedro Tochas, que apresentou o seu espetáculo no dia seguinte, tendo destacado que "é interessante neste tipo de eventos, a diversidade de géneros, que atrai públicos diferentes. Este conceito é interessante, na medida em que o festival não é somente dirigido à população de Lousada, mas sobretudo à região. Os preços dos bilhetes são muito bons e os acessos são excelentes". O espetáculo realizado na noite de 9 de outubro juntou três humoristas com estilos distintos. Jorge Serafim destacou que "o Auditório Municipal tem a dimensão correta para a sua população. E não há muitos locais em que isso aconteça. Este concelho, daquilo que consegui aferir, tem a cultura como um projeto regular e contínuo". Óscar Branco enfatizou a excelência do "público, que demonstrou ser bastante eclético. Percebe-se que este Auditório tem um percurso onde se destaca o teatro e a música, traduzindo-se num espaço que trabalha a formação de públicos". Hugo Sousa, por sua vez realçou "o cartaz de grande nível no que concerne ao stand up comedy em ambas as edições que já aconteceram". António Raminhos foi o senhor que se seguiu com o espetáculo "As Marias". Para o humorista os vídeos apresentados, e que são a base do espetáculo, "representam uma ínfima parte do que se passa em casa em que as miúdas são colocadas no limite, havendo muitas outras situações que não são filmadas". A segunda edição das Comédias d´Outono teve como protagonista Luís Franco-Bastos. O jovem humorista, cujo trabalho é em grande parte reconhecido pela imitação de vozes, corroborou a ideia de que "Lousada tem um culto de espetáculos de comédia já instituída, o que representa sinal de inteligência de quem dirige este espaço". O balanço desta edição Comédias d'Outono foi "francamente positivo"- como revelou o Vereador da Cultura, Dr. Manuel Nunes. Para o autarca "tal como aconteceu na primeira edição, voltamos a apostar nos melhores comediantes do país. E mais uma vez comprovou-se a qualidade do cartaz com as sucessivas sessões esgotadas". Por isso, diante de um balanço extremamente favorável e muito motivador, "a autarquia e a Jangada teatro estão já a trabalhar na próxima edição das comédias D´Outono. A aposta foi acertada e é um caminho a continuar alterando um pouco, quem sabe, este modelo inicial" – afirmou o Dr. Manuel Nunes.

 

Herman José

Luís Franco-Bastos

18ª Aniversário RRB

18º Aniversário RRB

Publicidade

Madrugar

Madrugar

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos

Este site usa cookies. Ao continuar a navegar no site você concorda com a utilização de cookies. Politica de cookies