slogan

Filandorra trouxe “Os Músicos da Aldeia” à Cercimarante (1)O Centro de Atividades Ocupacionais (C.A.O.)da Cercimarante recebeu, a 12 de junho, a Filandorra-Teatro do Nordeste com o  espetáculo "Os Músicos da Aldeia".

Dirigida a todos os clientes, esta peça de teatro, da autoria dos Irmãos Grimm, foi adaptada pela Filandorra – Teatro do Nordeste, e que surge no âmbito do protocolo de cooperação estabelecido com a Câmara Municipal de Amarante, conta a história de um burro, velho e cansado, cujo dono decidiu matá-lo para fazer algum dinheiro. Triste, resolveu fugir de casa e partir para a cidade para participar, como cantor, na Fanfarra Municipal. Pelo caminho, encontrou um cão, um gato e um galo, com histórias semelhantes à sua, e de quem se tornou amigo. Juntos viveram muitas aventuras. Na viagem que estes quatro amigos fizeram, para chegarem ao destino onde iriam fazer parte da Fanfarra Municipal, tiveram de enfrentar quatro ladrões que teimaram em dificultar-lhes a vida. A peça "Músicos da Aldeia" contou também com a participação especial de três clientes do C.A.O. - Filipe Matos, Mário Augusto Mota e Paulo Medeiros, acompanhados por um dos atores da Filandorra. Juntos, completavam o quarteto de ladrões. Uma participação que lhes trouxe grande satisfação e que tem "um significado especial" para os clientes, como referiu Carla Macedo, vogal da direção da Cercimarante e diretora técnica do C.A.O., que agradeceu a vinda da Filandorra à Cooperativa, e relembrou o importante papel que o teatro e a dança têm na vida de todos os clientes. No final, todos os atores da Filandorra receberam, pelas mãos dos clientes do C.A.O., lembranças feitas na Cercimarante.

 

Filandorra trouxe “Os Músicos da Aldeia” à Cercimarante (2)

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos