slogan

Dia dos Namorados 2015 LousadaA autarquia de Lousada promove uma campanha contra violência que pretende ser o slogan do Dia dos Namorados num alerta à violência doméstica.

A autarquia revela em comunicado que a ação mais visível deste trabalho está a ser desenvolvida pelo Serviço Flor de Lis e pela comunidade escolar, para 13 de Fevereiro, dia do Desfile de Escolar de Carnaval. Alunos do 12º ano da Escola secundária de Lousada vão vestir t-shirts temáticas e distribuir marcadores de livros. Em Portugal estima-se que uma em cada quatro jovens é vítima de violência no namoro. A violência no namoro é considerada um crime público punível por lei e integra-se no quadro legal da violência doméstica.

Os maus-tratos podem ser físicos e psicológicos, abusos e violências sexuais, intimidações, humilhações, entre outras formas. As causas identificadas em estudos são diversas e podem ser despoletados por ciúmes possessivos, perturbações psicológicas, uso de álcool e drogas. Os resultados dos estudos efetuados acerca deste assunto referem que os objetivos do agressor passam por magoar, humilhar, assustar, controlar, dominar e ter mais poder do que a outra pessoa envolvida na relação. O maior estudo nacional sobre a prevalência da violência do namoro foi feito em 2009 pela investigadora Sónia Caridade, professora na Universidade Fernando Pessoa, no Porto, e envolveu 4.667 jovens com idades entre os 13 e os 29 anos. Destes, 25,4% afirmaram ter sido vítimas de, pelo menos, uma agressão no último ano e 30,6% admitiu ter sido agressor. Os atos mais frequentemente referidos foram os abusos emocionais (19,5%) e físicos (13,4%), mas a violência física grave (7,6%) também é expressiva. Para a Vereadora da Ação Social, Dra. Cristina Moreira, "é importante que os mais novos sejam educados, desde muito cedo, para os comportamentos onde não se enquadrem atos violentos, na medida em que a violência nunca é uma forma de expressar amor ou paixão por outra pessoa". A saber que o Serviço Flor de Lis foi criado em março de 2008 e desenvolve um trabalho de prevenção e combate do fenómeno da violência doméstica e ainda de sensibilização da comunidade.Revela a autarquia que "Ao longo dos últimos anos têm sido realizadas atividades relacionadas com a violência doméstica e/ou no namoro nas escolas do 2.º e 3.º ciclo e secundária de concelho, com a finalidade de alertar para comportamentos agressivos e fora do normal que, na maioria dos casos, se enquadram na violência verbal, psicológica e até física. As pessoas que têm recorrido ao serviço "Flor-de-Lis" algumas situações que, grande parte das vezes, solicitam auxílio à vítima e aos filhos. O pedido de ajuda é feito, quase sempre, por mulheres existindo já homens a serem, também, alvo de violência doméstica e a solicitarem apoio junto dos serviços competentes. Atualmente o serviço acompanha várias situações, quer a nível social, psicológico e jurídico, de forma gratuita. A nível social, os apoios prestados são, essencialmente, em subsistência, alojamento e medicação.".

PODCAST-RRB-BUTTON

Publicidade

Caminho de Emaús na RRB

Caminho de Emaús

Clube de Amigos RRB

Clube de Amigos